• Visitantes do Site

    contador de visitas
    VISITANTES
  • VEREADORA NO EVENTO DO ROYALTIES

    Clique na Imagem para abrir!
  • SOS REGIÃO SERRANA

  • MINHA BANDEIRA


    O povo me elegeu e por ele eu luto e lutarei!
  • CONTRA A EMENDA IBSEN


  • O PODER DA MULHER QUE ORA

  • TWITTER

  • ARQUIVOS:

  • DOE SANGUE


  • DENUNCIE


  • VILMA DOS SANTOS NA INTERNET

  • VÍDEO 01

  • VÍDEO 02

  • VÍDEO 03

  • VÍDEO 04

Dia 11 de Maio – Dia da Integração do Telégrafo no Brasil.

O telégrafo  foi iniciado oficialmente no Brasil no dia  11 de maio de 1852, com o objetivo  de modernizar o País e facilitar a comunicação  do Palácio Imperial, e o Quartel do Campo, no Rio de Janeiro. As primeiras linhas telegráficas instaladas no Brasil relacionaram-se com necessidades políticas.

Em 1854 ocorreu a primeira ligação telegráfica entre o Palácio de São Cristóvão e o Ministério da Guerra. Em fins do século XIX, registrou-se uma ampliação do serviço telegráfico, passando a incluir outras províncias, como Paraíba, Pernambuco e o atual estado do Ceará, estas instalações foram realizadas por Rondon, Major responsável por grande parte destes serviços telegráficos no Brasil. No dia 11 de maio de 1852 foi, afinal, inaugurada a primeira linha telegráfica brasileira, que era subterrânea e tinha 4.300m de extensão, entre o Palácio da Quinta da Boa Vista e o Quartel General do Exército no Campo de Santana, no Rio de Janeiro. A linha foi construída sob a supervisão direta do Professor Capanema, com o auxílio de alunos da Escola Militar, que foram instruídos como telegrafistas. Para essa construção foi aproveitada a mão-de-obra de presos da Casa de Correção.

Já em 1854, um aviso do Ministro da Justiça mandava instalar a central telegráfica naquele Ministério, comunicando-se com os Paços da Cidade e Boa Vista, os Arsenais de Guerra e da Marinha, a Barra, o Quartel de Polícia, e o Palácio de Petrópolis. O Correio Mercantil, de 18 de fevereiro de 1854, anunciava que “funcionou ontem o telégrafo entre a Secretaria da Justiça e a Polícia”, e que “trabalharam alunos da Escola Militar, mostrando que podemos dispensar os engenheiros estrangeiros”. A linha para Petrópolis só foi concluída em janeiro de 1857; tinha 50,6 km, dos quais 15 em cabos submarinos, sendo a parte área em fios de ferro galvanizado.
 Aa longo dos anos o telégrafo começou a ser adaptado aos avanços a atendendo as necessidades da população. Muito usado por Militares para transmissão de mensagens em épocas de Guerra.

Mas com o passar dos anos o telégrafo ficou Obsoleto.
Atualmente o Telégrafo só é encontrado em museus ou no nome da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: