• Visitantes do Site

    contador de visitas
    VISITANTES
  • VEREADORA NO EVENTO DO ROYALTIES

    Clique na Imagem para abrir!
  • SOS REGIÃO SERRANA

  • MINHA BANDEIRA


    O povo me elegeu e por ele eu luto e lutarei!
  • CONTRA A EMENDA IBSEN


  • O PODER DA MULHER QUE ORA

  • TWITTER

  • ARQUIVOS:

  • DOE SANGUE


  • DENUNCIE


  • VILMA DOS SANTOS NA INTERNET

  • VÍDEO 01

  • VÍDEO 02

  • VÍDEO 03

  • VÍDEO 04

DIA DO SEGUNDO PADROEIRO DE ANGRA, “SÃO BENEDITO”

Este slideshow necessita de JavaScript.

Angra dos Reis celebrou no dia 09 de maio, “o dia do seu segundo padroeiro, São Benedito”. A data é feriado municipal, porque o santo é considerado, pela comunidade católica, como o segundo padroeiro de Angra dos Reis e venerado por milhares de fiéis. A celebração é uma das manifestações religiosas mais tradicionais do município. E para celebrar a data, a Fundação de Cultura (Cultuar), em parceria com a Irmandade de São Benedito realizou durante todo o dia diversas atividades que reuniram milhares de fieis.

A irmandade responsável pelos festejos integra o patrimônio imaterial de Angra, instituída no século XVII no primitivo convento de São Bernardino de Sena da Cachoeira, com estatuto datado de 1820. A festa do santo teve seu início com a tradicional devoção a São Benedito, trazida da África pelos escravizados. Eles vinham das fazendas e das ilhas com os fazendeiros, que passavam a Semana Santa nos seus sobrados no Centro de Angra. Após a Páscoa, os fazendeiros lhes davam uma folga na segunda-feira para que a usassem como quisessem.

Eles então aproveitavam as festividades para sua devoção ao santo querido e também para seu divertimento. Preparavam tablados para as danças do jongo e pau de sebo, onde seus patrões colocavam dinheiro. Até hoje a festa é realizada pela Irmandade de São Benedito, com suas vestes roxas.

As festividades do grande dia começaram com alvorada e repicar de sinos, espocar de foguetes, banda de música, congadas de Moçambique e bumba meu boi (Gruo Jataí e os senhores Antônio e Nagib) pelas ruas da cidade. Logo após, aconteceu a solene missa campal, no Cais de Santa Luzia. E depois a irmandade acompanhada da banda de música e congadas foi recepcionada pelos juízes da festa, onde depois ocorreu o almoço festivo e o corte do tradicional bolo, no Ceav.

O festejo foi encerrado com a tradicional procissão, que percorreu diversas ruas do Centro da cidade, conduzindo as imagens do Menino Jesus, Nossa Senhora do Rosário e do glorioso São Benedito.

A festa é mais do que tradicional. Há mais de 300 anos a Festa do São Benedito é de grande repercussão na região e até mesmo fora do país. A comemoração reúne um grande número de devotos.

 As festividades de São Benedito tem projetado o nome de Angra dos Reis para o mundo, sendo inclusive matéria do Jornal O Globo de 10 de julho de 2007, em seu Segundo Caderno, página 03, apresentando a festa como “PATRIMONIO IMATERIAL DA HUMANIDADE”..

 O IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, já manifestou a viabilidade de tombar como patrimônio imaterial toda a parte imaterial da festa de São Benedito, e dentro desse contexto a festa profana da Irmandade.

 Apresentei o projeto de Lei, que visa insculpir no calendário cultural de Angra dos Reis a quermesse de São Benedito, como forma de manter viva a tradição cultural de nosso Município, destacando ser sendo uma das manifestações culturais mais antigas do Brasil, com mais de 350 anos de existência, iniciando em 1652, data da fundação da Irmandade do Glorioso São Benedito.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: