• Visitantes do Site

    contador de visitas
    VISITANTES
  • VEREADORA NO EVENTO DO ROYALTIES

    Clique na Imagem para abrir!
  • SOS REGIÃO SERRANA

  • MINHA BANDEIRA


    O povo me elegeu e por ele eu luto e lutarei!
  • CONTRA A EMENDA IBSEN


  • O PODER DA MULHER QUE ORA

  • TWITTER

  • ARQUIVOS:

  • DOE SANGUE


  • DENUNCIE


  • VILMA DOS SANTOS NA INTERNET

  • VÍDEO 01

  • VÍDEO 02

  • VÍDEO 03

  • VÍDEO 04

Veja Como Comer Bem É Uma Arte

Pressa, ansiedade, falta de habito. São varias as desculpas usadas pelas pessoas que engolem a comida sem mastigar, com alimentos em pedaços. Só que os prejuízos acarretados ao organismo não compensam. Por isso, é importante mudar o hábito de comer correndo. É preciso treino, mas todos conseguem. 

Mastigar de 20 a 30 vezes a cada garfada: evita tanto a falta de energia quanto o peso extra. Engolir os alimentos sem que antes sejam bem triturados pode fazer você dobrar de volume do que come. Isso porque o cérebro recebe a mensagem de que o organismo está satisfeito depois de 20 minutos de mastigação. Só então ele aciona os hormônios da saciedade. Comer depressa vem de mãos dadas com outro péssimo hábito: consumir liquida em excesso entre uma garfada e outra. Se você não mastiga direito, produz menos saliva e, consequentemente, sente necessidade de beber algo para fazer a comida descer. Essa mistura provoca má digestão e os sintomas costumam aparecer em seguida: dor de estômago, gases e barriga estufada.

Os prejuízos continuam no intestino, que tem dificuldade de absorver os nutrientes de uma comida que não foi bem digerida. Nesse caso, os problemas (síndrome do intestino irritável, obesidade) costumam demorar mais a aparecer e, justamente por isso, são difíceis de serem resolvidos. Comer com alma e mastigar direito é bem mais simples. Além de fazer você sentir muito mais o sabor da comida, o que é um grande prazer.

Treinar a mastigação em sete passos

  1.  Na hora de comer, esqueça a pressa e relaxe. Se estiver estressada, monte seu prato e, antes da primeira garfada, respire bem fundo e lentamente três vezes.

  2. Fotografe mentalmente o prato que está a sua frente. Preste atenção no aroma, na variedade e nas cores dos alimentos. E envie a mensagem “estou comendo” ao centro de controle da fome, que fica no cérebro.

  3. Descanse os talheres ao lado do prato depois de cada garfada. Volte a segurá-los apenas quando o alimento, transformado em pasta puder ser engolido.

  4. Você não consegue engolir a comida antes de voltar a pegar os talheres? Então, repouse as mãos sobre as pernas durante a mastigação.

  5. Coma uma salada de entrada. Enquanto você mastiga as verduras e os legumes, ganha tempo para que a mensagem de saciedade chegue ao cérebro e você não pense em repetir o prato quente.

  6. Antes da salada, você pode comer uma fruta pequena. Essa estratégia aumenta a chance de a refeição demorar os 20 minutos necessários e, ainda, diminui o desejo por doce na sobremesa.

  7. Incluir uma fonte de fibras – pode ser uma colher de sopa de farelo de aveia –  na salada do almoço, na sopa do jantar e no iogurte ou na fruta do café da manhã também ajudam a diminuir os níveis de colesterol, aumentam a saciedade e estimulam o bom funcionamento do intestino.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: